Como ser abençoada: O caráter do coração

Na carta da semana passada eu prometi encerrar com o que bloqueará as bênçãos de Deus e então nesta semana passar para o que irá MULTIPLICAR as suas bênçãos! Mas, como o Senhor assim o quis, eu fui inundada pelo desejo de querer mais de Senhor, então paramos ali!

Espero que o Senhor tenha vindo ao seu encontro de uma forma muito poderosa, à medida que você O procurou de uma maneira mais profunda.

O que irá bloquear as bênçãos de Deus: maldade.

Tiago 4:17- NVI

“Pensem nisto, pois: Quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado.”

Tiago 4:17- ARC

“Aquele, pois, que sabe fazer o bem e o não faz comete pecado.”

Com base neste versículo, também poderíamos definir maldade como pecado — pelo menos a maldade em cada uma de nós é pecado quando: “entretemos” um pensamento errado em nossas mentes, permitimos a maldade em nossas casas, ou ainda nos rendemos em fazer o que sabemos que é errado em nossas vidas.

Às vezes a maldade é algo em nossas vidas sobre o que não estamos vigilantes — no fim das contas nós estamos sendo destruídas pela falta de conhecimento.

O Dicionário Americano define “maldade” desta forma: “Abandono das regras da lei divina, disposição de práticas malignas; imoralidade; crime; pecado, pecaminosidade; costumes corruptos.”

Maldade geralmente significa, indício de coisas malignas que estamos praticando, em outras palavras, fazendo repetitivamente.

Não se esqueça de como é importante não praticar o mal ou a ilegalidade, por causa do que Jesus disse neste versículo: “Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no reino dos céus; mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. E então eu lhes direi: ‘Nunca vos conheci; APARTAI-VOS DE MIM, VÓS QUE PRATICAIS A INIQUIDADE.” Mateus 7:21,23

Ainda, a maldade é também o que expressa ou revela as disposições corruptas ou o caráter do coração.

Sempre que nos “afastamos” ou nos desviamos dos princípios que Deus estabeleceu, nas divinas e imutáveis leis do universo, nós no fim das contas, sofremos as consequências. Mesmo se formos ignorantes da lei, sofreremos as consequências.

Esta semana, ouvi que muitas mulheres começaram a buscar ao Senhor sobre o que estava no caminho de suas restaurações e de terem um relacionamento mais profundo com o Senhor. Por incrível que pareça, Deus revelou a cada uma delas que era o pecado.

Uma mulher, que era divorciada, confessou que ela finalmente percebeu que estava em pecado, não através de convicção, ela disse, mas através das consequências devastadoras. Foi quando ela atingiu o fundo do poço em desespero, e ela clamou ao Senhor. Imediatamente, Ele estendeu a mão para ajudá-la, mas, ao mesmo tempo, trouxe a sua mente os pecados que causaram a destruição que a levou ao desespero.

Esta mulher tinha voltado a morar com o marido, o que ela “pensava” que fosse uma resposta a sua oração, mas a verdade era (e é) que um homem ou uma mulher que já não são legalmente casados estão em pecado se ele/ela tiver intimidade com seu/sua cônjuge.

A maior bênção, que nunca devemos esquecer, é que temos um Salvador amoroso e cheio de perdão que está logo ali pronto para nos perdoar e nos purificar! E, com isso, não podemos mais ser atormentadas com culpa ou vergonha ou qualquer outra emoção negativa que nos aflige.

Esta mulher se arrependeu, humildemente, e “se afastou de seus maus caminhos”, assim como em 2 Crônicas 7:14, onde nos é prometido que, se “…Meu povo, que se chama pelo Meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a Minha face e se converter dos seus maus caminhos, então Eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.” Isso significa não só o seu coração será curado, mas também a sua casa será curada.

Outra mulher confessou sobre algo que o Senhor trouxe a sua mente, algo que ela tinha feito antes de vir para o RMI. Quando seu marido a deixou pela primeira vez,  ela estava envolvida no ocultismo, procurando qualquer coisa para trazer o marido de volta. Ela não tinha certeza se isso ainda estava em seu caminho uma vez que ela tinha se arrependido ao Senhor com lágrimas.

Ainda assim, quando o Senhor a lembrou disto, ela estava disposta a se arrepender para o seu marido, já que muito disto o envolvia. Mesmo que ela não visse o marido, ela sabia que se fosse a vontade do Senhor, seus caminhos se cruzariam.

Quando ela preencheu seu próximo formulário, ela disse que sabia que “tinha acabado.” O Senhor revelou a ela no final de sete dias de jejum, que ELE havia quebrado essa fortaleza em sua vida. Ela mais uma vez pediu ao Senhor por uma oportunidade para falar com o seu marido, mas o Senhor confirmou que o que ela tinha feito fora suficiente.

Lembre-se, Deus está olhando para o nosso coração e nossa disposição em ceder a Sua liderança e a Sua vontade não importando o quão aterrorizante possa parecer. Muitas vezes, como aconteceu com Abraão, Ele nos levará à montanha, observará o que colocaremos no altar “seja lá o que for”, então, muitas vezes, nos parará, misericordiosamente, antes de usarmos o cutelo (descermos a faca)!

Jeremias 17:9-10 diz: “O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável. Quem é capaz de compreendê-lo? Eu sou o Senhor que sonda o coração e examina a mente, para recompensar a cada um de acordo com a sua conduta, de acordo com as suas obras.”

Obediência, não importa a que custo, não importa o quanto você teme em fazer — mostra nossos corações.

Infelizmente, eu também sei de pelo menos duas mulheres que ainda estão lutando em “fazer o que é certo.” As duas têm homens vivendo em suas casas, mas parece que não conseguem se livrar deles. Então, se você está em uma situação como esta, ou qualquer situação que você sente que está presa — simplesmente pergunte a Deus o que fazer e em seguida faça! Não cometa o erro de perguntar a qualquer outra pessoa, ou até mesmo deixar alguém saber o que você pretende fazer. Se o seu coração é sincero, Ele irá revelar como apagar até mesmo os piores erros que você cometeu. Muitas vezes, Ele apenas pede para você esperar e confiar n’Ele e Ele resolve tudo sem a nossa ajuda. 🙂

Quando uma de nossas ministras teve o seu ex-marido vivendo em seu porão, graças a Deus, ela se livrou dele assim que ela percebeu que não era certo! Hoje ela é uma poderosa ministra que Deus está usando para ajudar outras pessoas que estão em situações semelhantes. Uma mulher na África do Sul, finalmente, estava disposta a fazer o que era certo, não importando o quê, dizendo ao seu marido que ela já não podia continuar a ter intimidades com ele uma vez que estavam divorciados e 2 meses depois o seu casamento foi restaurado!

A maldade frequentemente entra em nossos corações quando nós, consciente ou inconscientemente, “levamos nossa tenda para Sodoma”. Logo você vai descobrir que não está apenas entretendo o pensamento pecaminoso, mas você está vivendo nele! Isso pode ser simplesmente mantendo seus olhos em seu cônjuge e/ou casamento, em vez de olhar atentamente para a face do Senhor.

Você está olhando em direção a Sodoma?

O que você assiste na televisão?

Quais filmes você está assistindo ou vai assistir?

A que você permite que os seus olhos e sua mente sejam expostos?

Isso nos traz de volta para o caso de mente dividida. Você pode assistir aos vídeos da Série “Seja Encorajada” que irão lhe ajudar a voltar seus olhos para o Senhor, porém você deixa o “lixo” morar em sua mente pelo que você assiste na televisão ou no seu telefone.

Você pode ler sua Bíblia fielmente, ler através dos livros Como Deus Pode e Vai Restaurar o Seu Casamento”  e a “Uma Mulher Sábia” ou um Homem Sábio,(se você é um homem que está lendo essa série!) mas então você olha para as coisas que você deveria se afastar. Se você é atormentada com essa tentação, então medite neste versículo e siga o exemplo de Jó 31:1 o qual sabemos que Deus abençoou além da fé.

Vamos continuar e Selá (pausa para meditar) aqui, e na próxima semana vou compartilhar um princípio maravilhoso que eu nunca ouvi nenhum pregador ou escritor cristão endereçar, o que está nos impedindo de ver o mal feito contra nós ser destruído para sempre!

~ Erin

O meu amado é meu, e eu sou dele” “Porque eu estou doente de amor”.Cantares de Salomão 2:16,5:8


Se você tem um Testemunho ou Relatório de louvor que gostaria de compartilhar sobre a mensagem desta semana, por favor, reserve um momento para:

Enviar um Relatório de Louvor para o nosso Encorajamento Diário –   CLIQUE AQUI

Não deixe de conferir as lições anteriores, clique em #CSA e seja ainda mais abençoada 🙂