Como ser Abençoada: Vivendo nas bênçãos do Senhor!

Na semana passada aprendemos O que irá bloquear as bênçãos de Deus: maldade. Mas o que dizer do mal feito CONTRA nós?

  • Não resistindo ao mal e ao invés disso recebendo-o, permitindo que aumente.

Estou falando sério? Sim, com certeza. Devido ao que eu finalmente fui capaz de entender, que é, para que o mal seja completamente destruído, ele deve primeiro aumentar.

Leia devagar o que diz o Salmo 92:5-7, “Quão grandes são, SENHOR, as tuas obras! Mui profundos são os teus pensamentos. O homem brutal não conhece, nem o louco entende isto. Quando o ímpio crescer como a erva, e quando florescerem todos os que praticam a iniqüidade, é que serão destruídos perpetuamente

Deus provou isso da forma mais dolorosa ou emocional com a morte de Jesus na cruz. O mal feito a Ele precisava primeiro florescer na dimensão e extremidade em que se estendeu para que o pecado fosse destruído para sempre! O que isto significa para nós, em nossa Jornada de Restauração com o Senhor, significa que devemos estar dispostas a “perseverar até o fim”, a medida que os ataques do inimigo aumentam e a maldade contra nós floresce — e sem tentar pará-los.

Mateus 5:39 –  Almeida Revista e Corrigida- ARC

“Eu, porém, vos digo que não resistais ao mal; mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra.”

Almeida Revisada Imprensa Bíblica- ARIB

“Eu, porém, vos digo que não resistais ao homem mau; mas a qualquer que te bater na face direita, oferece-lhe também a outra.”

Nova Versão Internacional- NVI

“Mas eu lhes digo: Não resistam ao perverso. Se alguém o ferir na face direita, ofereça-lhe também a outra.”

Nova Tradução na Linguagem de Hoje-NTLH

“Mas eu lhes digo: não se vinguem dos que fazem mal a vocês. Se alguém lhe der um tapa na cara, vire o outro lado para ele bater também.”

E a razão pela qual Ele nos adverte a não resistirmos ao mal é porque Ele sabe o que isto está projetado para fazer POR nós. Quando o pecado aumenta o suficiente, e você escolhe simplesmente abençoar a pessoa ou situação, então Ele será capaz de destruir aquele mal para sempre!!

Aqui em Tiago 1:12 há mais motivação, “Bem-aventurado o homem que suporta a provação; porque, depois de aprovado, receberá a coroa da vida, que o Senhor prometeu aos que o amam.”

E o verso que nós olhamos em Mateus 5:39-42 diz:

“Eu, porém, vos digo que não resistais ao homem mau; mas a qualquer que te bater na face direita, oferece-lhe também a outra; e ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a capa; e, se qualquer te obrigar a caminhar mil passos, vai com ele dois mil. Dá a quem te pedir, e não voltes as costas ao que quiser que lhe emprestes.”

Assim, este versículo explica que depois de não resistir ao mal, você pode aceitar aquele mal: oferecendo a outra face, caminhando um quilômetro a mais e dando a capa junto com sua túnica.

Eu não sei quanto a você, mas eu quero saber a verdade e deixar de ser uma “mulher insensata que não tem conhecimento” ou uma “mulher estúpida que não pode entender esse” princípio tão importante.

Se eu estou confiando no Senhor para que todo o mal contra mim cesse, então eu tenho que estar pronta e preparada para não resistí-lo e enquanto ele está acontecendo — ficar profundamente escondida n’Ele — a fim de verdadeiramente abraçar o mal, como Jesus foi capaz de fazer. É aí que o mal será destruído para sempre!

Por outro lado, quando “aceitamos” um pensamento errado (que permitimos que entrasse em nossas mentes através do que ouvimos, lemos ou vimos), então nós contemplamos o pecado, o que vai dar à luz ao pecado. O verso seguinte lança luz sobre como isso começa de uma forma pequena, mas depois finalmente, “dá à luz” a algo que vai ser como se estivesse realmente vivendo e respirando em nossas vidas.

Tiago 1:13-15 diz: “Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e a ninguém tenta. Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.”

Este é o verso que me ajudou a entender como meu marido, que odiava o fato de que seu pai era um adúltero, e que também amava seus filhos o tanto que ele amava, foi capaz de cair no pecado de adultério da magnitude que tornou-se antes que ele fosse liberto.

Quando eu comecei a ler este versículo, imaginando quem realmente diria que estão “sendo tentados por Deus” pensando que isso era um pouco ridículo, fui levada a pesquisar na língua original. Quando Tiago escreveu este verso, ele realmente usou uma expressão muito mais penetrante, que é um pouco mais fácil de crer. Seria algo assim: “Que ninguém ao ser tentado diga, ‘Eu tenho sido tentado indiretamente por Deus’.” Isto é basicamente o que aconteceu após o primeiro pecado quando Adão “indiretamente” culpou a Deus, dizendo “A mulher que Você me deu para estar comigo, ela me deu da árvore, e eu comi “ Gênesis 3:12.

Nós recorremos frequentemente a esse tipo de pensamento e acusação quando somos tentadas e depois cedemos à tentação. Aqui está outro discernimento que me ajudou na compreensão da tentação. Sempre me incomodava quando eu lia o versículo que diz que Jesus foi tentado em tudo, mas não pecou. Eu não podia imaginar Jesus sendo tentado por nada, porque eu não entendia o real significado da tentação então eu busquei a Deus sobre isso.

O exemplo que Ele me revelou foi algo assim: Se eu estivesse entrando no supermercado Walmart e atrás de um arbusto um homem estivesse me chamando e dizendo: “Ei, vem aqui que eu tenho esta nova marca de bicicleta que eles estão vendendo por R$100,00 mas eu vou vender pra você por apenas R$10,00”, eu poderia até olhar na direção da voz, sem saber o que ele realmente estava dizendo, mas assim que eu entendesse, eu continuaria apenas andando ou muito provavelmente começaria a correr.

Então, sim, eu estava sendo tentada pelo mal, mas eu nunca pensei em ceder ao pecado! Eu não pensei na minha mente, “Ei, esse é um bom negócio, eu quero dizer, quem iria saber? Minha filha teria uma bicicleta nova para o seu aniversário…?” E depois dizer: “Não, isso seria errado . “Isso seria “acolher” a tentação então isto seria pecado.

Isso significa que, Jesus foi tentado pelo diabo, que lhe pediu que transformasse pedras em pão, que se jogasse de um penhasco e para adorá-lo — mas nem uma vez Ele parou para considerar a idéia de fazer nenhuma dessas coisas. Minha opinião sobre isso é que o Espírito Santo levou Jesus lá em cima para que Jesus pudesse FIRMEMENTE dizer para o diabo onde descer! E eu amo a forma como Ele sempre usou a verdade e o poder das Escrituras, “a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus”, para vencer a batalha sobre o inimigo — para que ambos, eu e você, também possamos triunfar sobre o inimigo sempre que clamarmos a Ele para nos ajudar.

Isaías 58:11, “E o SENHOR te guiará continuamente, e fartará a tua alma em lugares secos, e fortificará teus ossos; e serás como um jardim regado e como um manancial cujas águas nunca faltam.”

Até a próxima semana, viva nas bênçãos do Senhor!

-Erin – O meu amado é meu, e eu sou dele” “Porque eu estou doente de amor”. Cantares de Salomão 2:16,5:8


Se você tem um Testemunho ou Relatório de louvor que gostaria de compartilhar sobre a mensagem desta semana, por favor, reserve um momento para:

Enviar um Relatório de Louvor para o nosso Encorajamento Diário –   CLIQUE AQUI

Não deixe de conferir as lições anteriores, clique em #CSA e seja ainda mais abençoada 🙂